OBJETIVOS & METAS

O projeto MILHO AMARELO apresenta os seguintes objetivos;

 

  • Valorização dos espaços marginais da exploração na ótica do incremento da biodiversidade;

  • Identificação e desenvolvimento de indicadores de sustentabilidade da exploração;

  • Conhecimento do valor dos serviços dos ecossistemas disponibilizados pela exploração agrícola;

  • Aumento da resiliência da atividade agrícola face às alterações climáticas;

  • Identificação das novas culturas de rotação com o objetivo de incrementar a qualidade do solo e da biodiversidade;

  • Conhecimento dos fenómenos dinâmicos da microbiologia do solo;

  • Alargamento do novo processo a outras parcelas da exploração;

  • Divulgação e comunicação dos principais resultados do projeto aos agentes do setor.

Com o projeto MILHO AMARELO pretende-se atingir as seguintes metas;

 

  • Encontrar mecanismos de valorização de espaços marginais, enquadrados com o delineamento das politicas nacionais e europeias (PAC);

  • Conhecer a dinâmica da vegetação espontânea (infestantes);

  • Avaliar a viabilidade económica do novo processo de gestão da biodiversidade;

  • Quantificar a performance ambiental do novo processo;

  • Criar uma lista da flora identificada na região e da exploração com a seleção das espécies vegetais mais adequadas para os espaços marginais;

  • Desenvolver um itinerário técnico sobre gestão da biodiversidade em áreas de agricultura intensiva.